Pra quem quiser me visitar....
  • De São Bartolomeu a Belo Horizonte: Minas Gerais, antídoto contra a superficialidade
  • Uma nova geração de padeiros no Rio de Janeiro: Araucária Pães Artesanais e Maison do Zé
  • Provence: o mercado de Saint-Rémy
  • Curiango Venda e Cozinha: uma bela história de êxodo urbano na Serra da Bocaina
  • Aïoli no Bistrot du Paradou
  • “Redefinindo Sustentabilidade”: Parabere Forum chega à terceira edição debatendo a igualdade de gênero na gastronomia
  • yam'Tcha, em Paris: no tempo da delicadeza
  • A Casa do Porco Bar: Jefferson Rueda finalmente em casa
  • Restaurante Roberta Sudbrack fecha as portas no Rio de Janeiro: o fim pode ser uma ponte?
Sábado, 30 Abril 2016

Oito anos

Abril foi um mês singular. Aqui em casa, adoecemos todos, um após o outro: o marido, o cão e, finalmente, eu. Quando o cansaço permitia, eu folheava os jornais apenas pra lembrar que o Brasil também adoeceu. Em meio ao caos nacional e pessoal, nem me dei conta de que o Pra Quem Quiser Me Visitar chegava a oito anos de existência no último dia 20. Somente agora o fato me veio à memória.

Ao longo destes oito anos, muitas vezes me questionei. Quando me recordo das mal traçadas linhas da primeira infância do blog, eventualmente me pergunto por que comecei a escrever, por que alguém tinha interesse em ler o que eu escrevia. Mais recentemente, por motivos de outra natureza, com alguma frequência tenho me perguntado por que continuar. Enquanto houver respostas possíveis, seguirei buscando.

Arrisco dizer que tenho crescido neste exercício, inclusive errando. O tempo me ensinou a ter mais dúvidas, menos certezas. Me levou a valorizar a essência e desconfiar da ostentação, do falso glamour. Desmistificar, enfim.

Sobretudo, o tempo me deu capacidade de entender que a fonte de onde acaso brotam a descrença e a vontade de parar é a mesma de onde ressurgem os motivos pra continuar: gente.

Se pude constatar que no ambiente da gastronomia, como em qualquer outro métier, vaidade e falta de ética alimentam barganhas tecidas nos bastidores, por outro lado, tive o privilégio de me enriquecer no encontro com pessoas sérias e comprometidas com seus ofícios, gente com quem muito venho aprendendo: blogueiros, jornalistas, sociólogos, professores, cozinheiros, agricultores e outros artesãos. Alinhavando tudo isso, há o prazer inestimável da troca constante com leitores queridos que me têm acompanhado nesta jornada. Através deste blog, vejam só, fiz até alguns valiosos amigos.

Oito anos depois de seu nascimento, o Pra Quem Quiser Me Visitar não poderia ser o mesmo. Naturalmente, também eu sou outra. Estranho seria se tudo continuasse igual. Mas, em todo balanço que fiz no decurso desta trajetória, cheguei sempre à mesma inexorável conclusão: o que de melhor o blog me trouxe foram as pessoas que colocou no meu caminho.

Tags:
Comentários:
em 30-04-2016
por: Fernando e Cíntia
Parabéns e vida longa ao blog! Certamente são as pessoas que nos fazem continuar. Beijos nossos!
em 30-04-2016
por: Luis
Não gosto de comentar, mas hoje passo aqui pela primeira vez para dizer que gosto muito do blog, principalmente pois os seus textos sempre transmitem honestidade, o que não é pouco nos dias de hoje.
em 30-04-2016
por: Constance
Fernando e Cíntia, obrigada.
em 30-04-2016
por: Constance
Obrigada, Luis. Honestidade é valor inegociável neste blog - e na vida. Fico feliz em saber que isso fica claro para os leitores atentos. Um abraço.
em 30-04-2016
por: Katia Albuquerque
Constance, você sabe da minha admiração por vc desde o início do blog. Verdade que já tem oito anos? Meu Deus, quase não percebi! E ele continua sendo uma referência para quem se interessa por gastronomia, viagens e outros assuntos... Você pode ter mudado, ele pode ter mudado, mas a sua credibilidade continua a mesma. Parabéns e que venham muitas comemorações. Bjs
em 30-04-2016
por: Constance
Katia, obrigada pelas palavras e pelo carinho. Bjs.
em 30-04-2016
por: Robson
Seu blog é raro. Estilo, elegância, honestidade, enfim, escolhas.

Acho imperdível e fundamental (ainda mais que outros poucos igualmente raros - e que conheci por meio deste blog - resolveram parar; tomara que temporariamente).

Parabéns e obrigado!
em 30-04-2016
por: Constance
Obrigada pelas palavras sempre gentis, Robson.
em 01-05-2016
por: Maria Vargas
Que venham mais muitos anos!
em 02-05-2016
por: Constance
Obrigada, Maria!
em 02-05-2016
por: Marcelo
Eu venho aqui esporadicamente, confesso. Mas sempre tenho grande prazer de ler, toda vez que retorno. Gosto muito da forma como vc escreve.
em 02-05-2016
por: Constance
Obrigada, Marcelo.
em 03-05-2016
por: Marcelo Dantas
Constance , seus textos são sempre cheios de uma sensibilidade rara hoje em dia ! A maneira poética como você escreve sobre o mundo , a sua relação com a comida e com as pessoas , já me emocionaram muitas vezes .... E espero que continuem emocionando .
em 03-05-2016
por: Constance
Fico muito feliz em ler suas palavras, Marcelo. Saudades de ti. Bjs.
em 05-05-2016
por: Ana Cristina Pereira
Constance,
Conheci seu blog há três anos e, desde então, não consegui parar de lê-lo. É sempre uma alegria e deleite ler seus textos saborosos, informativos e críticos.
Parabéns pelos oito anos, e vida longa ao blog!
em 05-05-2016
por: Constance
Obrigada, Ana Cristina.
em 07-05-2016
por: Maria das Graças
Constance, como leitora e seguidora tenho me beneficiado e muito. Através de você venho me aprimorando na arte de "comer bem" e tive a chance de ter encontrado em você uma pessoa aberta para trocar experiências nessa área tão rica.
em 07-05-2016
por: Constance
Maria, obrigada pela companhia nesta jornada e pelo carinho de sempre. É um prazer ter leitores como você.
em 14-05-2016
por: josé neves
Desta cidade do Porto vão os meus Parabéns pelos oito anos. sou leitor assíduo. se passar pelo Porto terei muito prazer em lhe dar alguns motivos para continuar. Cumprimentos respeitosos.
em 15-05-2016
por: Constance
Obrigada, José.
em 19-05-2016
por: Fabio Alves
Constance, amanhã vou pra Tiradentes com a Ana, um dos muitos destinos que entraram na minha vida depois que li seus posts... bateu uma saudade e vim te visitar. Que bom saber que se passaram 8 anos e que você continua ativa. Aprendi muito com você. Parabéns e vida longa ao PQQMV.
em 19-05-2016
por: Constance
Você também faz parte dessa história, Fábio. Obrigada pela visita e pelo carinho.
Deixe seu comentário:
© 2012 Pra quem quiser me visitar - Todos os direitos reservados - Design de Branca Escobar

Envie para um amigo:

*
*

Fale comigo:

*

Assinar Newsletter:

Remover email: