Pra quem quiser me visitar....
  • De São Bartolomeu a Belo Horizonte: Minas Gerais, antídoto contra a superficialidade
  • Uma nova geração de padeiros no Rio de Janeiro: Araucária Pães Artesanais e Maison do Zé
  • Provence: o mercado de Saint-Rémy
  • Curiango Venda e Cozinha: uma bela história de êxodo urbano na Serra da Bocaina
  • Aïoli no Bistrot du Paradou
  • “Redefinindo Sustentabilidade”: Parabere Forum chega à terceira edição debatendo a igualdade de gênero na gastronomia
  • yam'Tcha, em Paris: no tempo da delicadeza
  • A Casa do Porco Bar: Jefferson Rueda finalmente em casa
  • Restaurante Roberta Sudbrack fecha as portas no Rio de Janeiro: o fim pode ser uma ponte?
Quarta, 14 Maio 2014

Clamato, a nova casa do chef Bertrand Grébaut em Paris

Clamato Bertrand Grébaut

Sou fã de Bertrand Grébaut e seu pequeno e delicioso Septime, onde estive duas vezes nas últimas visitas a Paris. Pois ganhei mais um motivo pra voltar à rue de Charonne. No final de 2013, Grébaut inaugurou, na porta ao lado, um novo restaurante. A casa tem proposta bastante diferente e menos ambiciosa que a do vizinho, mas, felizmente, tem em comum com ele a leveza do ambiente (compartilham inclusive a vista pro mesmo lindo quintal), a jovialidade da equipe e o frescor da cozinha.

Clamato Paris

O enxuto cardápio é dedicado a pequenos pratos de peixes e frutos do mar. Comida descomplicada, mas nada óbvia e bem executada em toda sua simplicidade.

O prato que trazia lâminas de polvo e alcachofras foi o que menos me entusiasmou. Já as sardinhas marinadas eram deliciosas e me pareceram a companhia perfeita na tarde de sol que se anunciava pela janela, depois de dois dias de chuva na cidade.

Clamato Paris

Clamato Paris

A tarama, feita com ovas de bacalhau defumadas, acompanhada de bom pão, era também muito gostosa.

Clamato Paris

Mas o que trouxe à mesa uma sequência de interjeições foi o sanduíche de enguia defumada com barbecue. Me arrependo até agora de não ter pedido bis.

Clamato Paris

Uma boa tarte de xarope de maple encerrou nossa tarde de domingo no Clamato. Sim, a casa ainda tem a vantagem de funcionar aos domingos, quando muitos dos bons restaurantes da cidade estão fechados.

Clamato Paris

Eis um lugar que provavelmente me veria com frequência se eu vivesse em Paris.

 

Clamato – 80, rue de Charonne – 11ème                                       

http://www.septime-charonne.fr/

 

Deixe seu comentário:
© 2012 Pra quem quiser me visitar - Todos os direitos reservados - Design de Branca Escobar

Envie para um amigo:

*
*

Fale comigo:

*

Assinar Newsletter:

Remover email: