Pra quem quiser me visitar....
  • Privilégio no menu do dia
  • yam'Tcha, em Paris: no tempo da delicadeza
  • A Casa do Porco Bar: Jefferson Rueda finalmente em casa
  • De São Bartolomeu a Belo Horizonte: Minas Gerais, antídoto contra a superficialidade
  • Uma nova geração de padeiros no Rio de Janeiro: Araucária Pães Artesanais e Maison do Zé
  • Provence: o mercado de Saint-Rémy
  • Curiango Venda e Cozinha: uma bela história de êxodo urbano na Serra da Bocaina
  • Aïoli no Bistrot du Paradou
  • “Redefinindo Sustentabilidade”: Parabere Forum chega à terceira edição debatendo a igualdade de gênero na gastronomia
Quinta, 04 Abril 2013

Marie-Anne Cantin: todo dia é dia de queijo

Marie-Anne Cantin Paris

Evito ficar em hotéis em Paris. Sempre que posso, alugo um apartamento. Uma entre as muitas razões que me levam a fazer isso são os queijos. Gosto de cumprir o ritual de passar na loja de queijos do bairro e levar alguns pra comer em casa. Quando calha de me hospedar no 7ème, tendo como fromagerie mais próxima a de Marie-Anne Cantin, aí é a glória. Os donos não são meros revendedores, mas fazem a affinage em cave própria. A qualidade de seus queijos grita nas prateleiras. Começar ou terminar o dia com uma visita à loja é das coisas que mais me dão prazer quando estou na cidade.

Marie-Anne Cantin Paris

Marie-Anne Cantin Paris

Marie-Anne Cantin Paris

Nunca chego à conclusão do que é mais gostoso: voltar às predileções ou experimentar queijos ainda não sabidos – e, assim, ir descobrindo novos favoritos. Na dúvida, pratico um pouco de cada. Num dia, uma caixinha de Camembert, no outro, um naco de Comté, então, Rocamadour, depois, Ossau-Iraty... E sempre se acha espaço na bolsa pra acomodar um pequenino Saint-Marcellin, especialmente se for daqueles que se entregam às colheradas.

Marie-Anne Cantin Paris

Marie-Anne Cantin Paris

Marie-Anne Cantin Paris

Uma só vida e apenas uns pares de dias na cidade a cada visita não dão conta de todos os queijos que eu gostaria de experimentar. Tenho a triste impressão de que aqueles que não conheço serão sempre mais numerosos do que os que tive – e terei – a felicidade de experimentar. Mas se até Charles de Gaulle assumia espanto diante da diversidade de queijos fabricados nos rincões da França, quem sou eu pra crer que posso vencer essa batalha...

Marie-Anne Cantin - 12 Rue du Champ de Mars – 7ème

http://www.cantin.fr/

Comentários:
em 05-04-2013
por: Merél
"Tenho a triste impressão de que aqueles que não conheço serão sempre mais numerosos do que os que tive – e terei – a felicidade de experimentar." -- é uma história de amor :)
em 09-04-2013
por: Marcelo
Essas Fromageries são uma loucura, né Cons?!
em 10-04-2013
por: Constance
São de fazer perder a cabeça, Marcelo.
em 06-03-2014
por: Raphael
Uma dica, que agencia ou site voce usa para alugar seus aptos em Paris?
Deixe seu comentário:
© 2012 Pra quem quiser me visitar - Todos os direitos reservados - Design de Branca Escobar

Envie para um amigo:

*
*

Fale comigo:

*

Assinar Newsletter:

Remover email: